Toposcope

Status: Concurso Cliente: IX BIAU Descrição: Projeto de arquitetura, interiores para uma Casa uni – familiaria alto padrão no Condomínio Alphaville Granja Viana. São Paulo-SP. Local: Rosario, Argentina Area: 235m² Data: 2015

“Toposcope”, o prédio é uma ferramenta, age como mediador entre o visitante, a cidade e seu rio, o país, os países.

O projeto exprime a força e potencialidade de Rosário, carrega valores de crescimento com sustentabilidade. Ele formaliza as interações sociais e econômicas permitidas pelo rio Paraná. O rio é o protagonista, assim o projeto revela a história da cidade ao visitante. O edifício faz a ligação com o contexto imediato, localizando-se na interseção da praça e do monumento das Bandeiras e, formalmente, com os edifícios existentes no entorno.O prédio é um elemento de medida para compreensão das grandes novas geografias.Ele traça as relações entre Rosário e outras localidades que o Rio Paraná conecta. O Global Positioning System (GPS) é o elemento de medida do projeto. O edifício aponta as diferentes direções de importantes e simbólicas praças dos centros vizinhos, produz a anisotropia luminosa dos espaços em função da direção. O qualificamos de toposcope.

Sua materialidade exprime valor político e econômico.
Ele debate o uso da madeira na Argentina. A proveniência nacional do produto demonstra que a madeira nacional pode ser utilizada na construção civil na Argentina. A escassez de edifícios de madeira na Argentina necessita o câmbio da cultura construtiva em torno desse.

material.O desenvolvimento florestal na Argentina é significativo, uma vez que o país produz 10 milhões de toneladas de madeira por ano. Devido à falta de infra-estrutura e falta de investimentos no setor, a produção excede a capacidade da indústria. Portanto, grande parte da madeira é finalmente utilizado como carvão vegetal em vez de ser modificada em produtos de valor agregado. Há oportunidades para produtos de madeira em áreas específicas, como a construção e o mobiliário.*Ao mesmo tempo, o edifício idealiza a transparência necessária do sistema político do Mercosul. As paredes se desmaterializam para deixar entrever o conteúdo dos espaços

O prédio é uma ferramenta aberta à exploração, e reproduz um clima interior confortável.
A pele dupla fui projetada para regular o conforto térmico interior. O piso sobre pilotis e as aberturas permitem a ventilação eficiente dos espaços. A presença de vegetação no pátio interno participa da regulação do clima.O particionamento dos espaços abre a potencialidade da flexibilidade de uso. Por meio do particionamento interno, eles podem se separar, agrupar, ou se dilatar ao exterior.

*Report of the USDA – Foreign Agriculture Service. 7 /2 /2013

ArrowArrow
ArrowArrow
Shadow
Slider


Devido à falta de infra-estrutura e falta de investimentos no setor, a produção da madeira excede a capacidade da indústria.[…] Há oportunidades para produtos de madeira em áreas específicas, como a construção.


AMPLITUDE E LUZ NATURAL
A CORTINA VEGETAL ABRIGA O QUINTAL
ESTUDAR NA QUIETUDE DO QUINTAL
ESTUDAR NA QUIETUDE DO QUINTAL
Arrow
Arrow
Shadow
Slider